cunhado
Foto: G1

Francisco Santiago, promotor de Justiça, já avisou que vai pedir pena de 6 a 20 anos para Gustavo Corrêa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann. Ele foi interrogado nessa segunda (18) sobre a morte de Rodrigo Augusto de Pádua e disse que faria tudo novamente, pois não teve opção.

Em maio de 2016, a apresentadora sofreu um atentado por parte de um fã na capital mineira, dentro de um hotel em Belvedere. Gustavo matou Rodrigo após o mesmo atirar contra sua esposa, Giovana Oliveira, assessora de Hickmann.

Gustavo Corrêa foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Rodrigo foi atingido por 3 tiros na nuca, entendendo-se assim o MP que houve excesso de legítima defesa, caracterizando homicídio.

Enquanto a promotoria diz que houve excesso, já que a lei não diz que se pode matar, mas sim que há o direito de defesa ainda que precise matar, Gustavo se diz com a cabeça tranquila por ter feito o necessário para salvar a própria vida e a vida da sua família.

Fernando José da Costa, advogado do acusado, não acredita que a juíza vá levar o caso a júri popular, já que as evidências analisadas durante a investigação apontam para três tiros sequenciais, o que caracterizaria legítima defesa.

-Publicidade-

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário.
Por favor digite seu nome aqui