Construindo Sorrisos: sua coluna de saúde bucal.

Olá amigos(as) e leitores(as) do SOS MARICÁ

Vamos a apresentação…

 

Fernando César Pereira Costa

Meu nome é Fernando Cesar Pereira Costa, sou dentista, formado há 23 anos pela Faculdade de Odontologia de Campos, Pós graduado em Dentística,Cirurgia Oral Menor,Toxina Botulínica e Preenchedores Faciais,Fios de Sustentação/PDO, Odontologia Hospitalar.

Membro da SBTI (Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais)

Morador e empresário da cidade de Maricá(Itaipuaçú)/RJ, onde sou proprietário da CONSTRUINDO SORRISOS, uma Clínica de Odontologia Estética e Harmonização Orofacial.

Encaro a ODONTOLOGIA, como parte integrante da SAÚDE, e defendo uma ODONTOLOGIA INTEGRATIVA engajada em um conceito multidisciplinar de saúde, sendo assim iremos falar não só da face, da boca e dentes, mas sim do ser humano como um todo.

A partir de hoje, estaremos juntos semanalmente na coluna CONSTRUINDO SORRISOS


Saúde começa pela boca ???

Por Dr.Fernando C.P.Costa – 5 junho de 2017 

O organismo humano funciona como uma orquestra: cada órgão cumpre o papel de um instrumento. Quando um desafina, o corpo todo pode ser afetado. Quando a saúde bucal não está em harmonia, as bactérias e os fungos naturais dessa região podem se proliferar e atingir outros órgãos.

Cuidar dos dentes não é apenas questão de estética, e sim de saúde. De acordo com a American Dental Association (ADA), problemas bucais, como doença crônica gengival (periodontite), podem acarretar inclusive males no coração e nos pulmões.

Diversas doenças sistêmicas – aquelas que eventualmente afetam todo o organismo – podem ter origem em infecções orais. Um exemplo é a endocardite bacteriana, infecção grave das válvulas cardíacas ou das superfícies do coração, cuja bactéria que causa o problema pode ser proveniente de falta de cuidados com a higiene oral, como não escovar os dentes, e de doenças bucais existentes.

Outro exemplo,que posso salientar, por experiência própria, pois atuo em Odontologia Hospitalar, diretamente com pacientes internados em CTIs/UTIs, e ou lecionando para alunos que estão se formando em Odontologia Hospitalar, é que com a entrada da Odontologia como parte integrante da Equipe Multidisciplinar dos Hospitais(o que hoje é obrigatório), os índices de mortalidade e infecções hospitalares associadas à cavidade bucal, diminuíram de 20 a 37 %


 Um caso sério

 Entre os problemas bucais mais comuns na população brasileira está a gengivite, que, quando não tratada, pode evoluir para a periodontite. Conforme a Associação Brasileira de Odontologia, menos de 22% de adultos e 8% dos idosos têm as gengivas totalmente saudáveis.

As complicações surgem quando a placa bacteriana não é removida e, assim, inicia-se a inflamação da gengiva. Suas características mais conhecidas são a vermelhidão, inchaço e o sangramento.

Quando acumulada por um período maior, a placa começa a endurecer pela deposição de sais minerais da saliva e dá origem ao cálculo dental – o tártaro – o qual fica firmemente aderido ao dente. A escovação já não é capaz de removê-lo e, se o cirurgião-dentista não atuar, inicia-se uma destruição progressiva e irreversível das estruturas que sustentam os dentes: osso alveolar e ligamento periodontal.

Assim, um simples problema bucal se transforma em um caso mais sério, a periodontite. Essa inflamação resulta em sangramento, sensibilidade, retração da gengiva, mau hálito, mobilidade e pode acabar com a perda dental. “O grande problema da doença periodontal é que, na maioria das vezes, se comporta de forma silenciosa e assintomática e, quando o paciente percebe, já existe um comprometimento severo da estrutura dentária”.

Outro problema comum são as cáries, provocadas geralmente pelos resíduos de alimentos que permanecem em contato com os dentes e que acabam servindo de nutrientes para as bactérias presentes na boca. Trata-se de uma doença infectocontagiosa, ou seja, que pode ser transmitida para outras pessoas. Quando a cárie não é tratada, chega a causar a morte do nervo responsável pela vitalidade do dente, provocando a sua queda, ou ainda favorece a formação de abscesso, cujo maior risco é a disseminação da infecção para outras partes do organismo, como dito anteriormente.


Outros males

Apesar de a gengivite e a cárie e serem os problemas bucais mais comuns, há outras complicações que merecem atenção. Uma delas é o câncer bucal, mais frequente no lábio inferior. Sua incidência no Brasil é alta, sendo registrados cerca de dez mil novos casos por ano e vitimando mais de três mil pessoas. O tumor se inicia com uma ferida indolor na boca e que não cicatriza. Dentre as causas se incluem o tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal ajustadas.

A higiene bucal mal feita também é causa de outro grande inconveniente: o mau hálito, que em muitos casos é mais evidente durante o período da manhã, uma vez que a produção de saliva é menor durante a noite. Há ainda as aftas, ferimentos na mucosa ou na língua, bastante incômodas e dolorosas, que duram em média uma semana.

Para prevenir essas e várias outras doenças é preciso visitar periodicamente o dentista, além de manter os cuidados com a alimentação, com pouca ingestão de açúcares, e uma higiene bucal diária correta, que pressupõe uma boa escovação após as principais refeições, e uso do fio dental e enxaguatórios.

Vale lembrar ainda que os dentes não só respondem pela mastigação dos alimentos como também influem na articulação das palavras porque interferem na posição da língua. Dentes tortos acabam favorecendo a respiração pela boca, o que contribui para o aumento do índice de cáries, irritações na gengiva e mudanças na deglutição dos alimentos. Em geral essas anomalias podem ser corrigidas por meio de tratamentos adequados, como uso de aparelhos móveis ou fixos durante um tempo, e até cirurgias que reposicionam os maxilares.


 

Bem esse foi nosso primeiro contato e espero ter ajudado um pouquinho vocês.

Dúvidas e perguntas serão bem vindas.

Abraços.

Boa semana.

Contato: odontofernando@yahoo.com.br

             21 999128679 – whatsapp

 

-Publicidade-

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário.
Por favor digite seu nome aqui